O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Segunda-feira, 29 de Outubro de 2012

Na indecisão, vá pelo mais difícil. A facilidade não se dá bem com a verdade.

O que custa costuma valer. O que vale costuma custar.

Carlo Maria Martini escolheu como divisa episcopal «pro veritate adversa diligere»(escolher a adversidade por amor à verdade).

É que, mesmo se verificar que errou, ficará com a certeza de que tentou, de que fez quanto podia, quanto podia.

Por isso, modere-se, questione-se. Os impulsos que fluem a partir de si acabam por refluir em desfavor de si. Eleve o espírito. Eleve o olhar. Mas não eleve a voz.
Quando a razão está em alta, a voz deve ser baixa. Para que não sufoque a razão.
A fé não fica beliscada com a dúvida, com a procura. A fé só sai afectada com o medo, com a indiferença, com o calculismo!

publicado por Theosfera às 12:09

Estranho este momento, em que as soluções estão a agravar os problemas.

E nem se pode dizer que é tudo uma questão de perspectiva. Não. A realidade é eloquente. E, além de eloquente, muito teimosa. Contra os factos que ela nos apresenta, não é isto que dá, não é isto que resulta.

A austeridade também não pode ser assacada. Ela, honra lhe seja, já provou que não resolve.

A austeridade faz aumentar o défice e contribuir para crescer a dívida. Serão precisos mais sinais para mudar de rumo?

publicado por Theosfera às 10:06

Não é só a fortuna que se herda. A miséria, disse Riccardo Bacchelli, «também é uma herança».

Nesta altura, é o que alguns se preparam para legar. E não me reporto apenas à indigência de meios materiais. Penso sobretudo na ausência de horizontes.

Estamos a empobrecer velozmente. Estamos a empobrecer transversalmente. Estamos a empobrecer quase todos.

Ainda iremos a tempo de inverter a tendência e impedir que ela se torne uma (quase) fatalidade?

Já é tarde. E pouco falta para que seja tarde demais. Para nós. E para muitos dos que virão depois de nós.

Não é só os cofres que estão vazios. A alma das pessoas também começa a ficar desabitada.

Não espanta, por isso, que o número de suicídios já tenha ultrapassado o número de mortos nas estradas.

Já temos pouco dinheiro. Já temos pouco tempo.

Usemos bem o pouco dinheiro que temos. E não desperdicemos o pouco tempo que resta!

publicado por Theosfera às 09:50

O que é a esperança, afinal?

É a antecipação daquilo que se pode vir a ter. Mas pode ser também a vivência do que nunca viremos a possuir.

A esperança é a felicidade sem posse, sem garantia.

Antoine Rivarol achava que «a esperança é um empréstimo que se pede à felicidade».

O que é mais curioso é que, mesmo que a felicidade não venha, não impede que a esperança sobrevenha.

E a esperança de vir a ser feliz já é felicidade!

publicado por Theosfera às 09:32

Hoje, 29 de Outubro, é dia de S. Narciso, Sta. Ermelinda e S. Miguel Rua.

Um santo e abençoado dia para todos!

publicado por Theosfera às 07:01

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro