O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quarta-feira, 01 de Agosto de 2012

Tudo gira à volta do dinheiro.

Códigos, leis, normas, empresas, governos e até pessoas.

É triste. Mas é verdade.

O normal era que o dinheiro estivesse subordinado às leis. Mas a realidade mostra que as leis é que acabam por estar subordinadas ao dinheiro. As leis mudam conforme os ditames do dinheiro.

O Código de Trabalho é para aplicar, para contestar e sobretudo para meditar.

Dizem-nos que tem de ser assim. Não poderá ser diferente?

publicado por Theosfera às 16:35

O grande problema do Cristianismo é não ter resolvido devidamente a dicotomia entre o espírito e a instituição, entre a santidade e o poder. Este tende a obsidiar aquela.

Jesus quer que os Seus discípulos se coloquem na última posição. Acontece que muitos continuam a disputar o primeiro lugar. Como este é apenas um, a luta é feroz.

Olhemos para Jesus. Ele, que era de condição divina, humilhou-Se, assumiu a condição de servo.

Não basta, pois, ter Jesus nos lábios. É fundamental procurar ter Jesus na vida!

publicado por Theosfera às 16:33

Se fosse vivo, Gonçalves da Costa faria hoje 102 anos.

 

Ele, que trouxe tantos factos e tanta gente à lembrança, vai sendo atirado para o esquecimento.

 

A justiça nem sempre é feita aos melhores.

 

Foi das pessoas mais brilhantes que conheci. Um mestre. E um grande amigo.

publicado por Theosfera às 09:45

Jaime Balmes notou: «Com a razão tudo se prova e tudo se impugna».

Há quem seja tão engenhoso que até o absurdo conseguirá provar.

Às vezes, as coisas tornam-se convincentes não pela força da realidade, mas pelo engenho daqueles que dela falam.

Há quem defenda bem um mau produto. Há quem defenda mal um óptimo produto.

Com alguma contundência, Mário de Sá Carneiro registou que, «numa terra de doidos, quem tem juízo é considerado doido»!

O padrão da normalidade varia de acordo com as flutuações das maiorias.

As pessoas mais decentes arriscam-se a ser vistas como trogloditas. Apenas porque não alinham com a corrente dominante!

publicado por Theosfera às 09:44

Pierre Nicole tocou numa ferida muito sensível: «Não é a injustiça em si mesmo que nos fere, é o sermos vítimas dela».

No fundo, a justiça só nos encanta quando nos beneficia. E a injustiça só nos fere quando nos prejudica. Era bom que alargássemos o espectro. E que a justiça (e a sua violação) nos mobilizasse sempre que acontece.

Até porque não tenhamos ilusões. Se ela acontece aos outros acabará por nos acontecer também a nós!

publicado por Theosfera às 09:43

O que é a verdade? O que é o erro? O que é a mentira?

Não é fácil responder.

A verdade é o que está na realidade. Mas a sua formulação é o modo como essa realidade se imprime em nós e o modo como a imprimimos a partir de nós.

Por conseguinte, a verdade diz respeito à realidade, à sua assimilação e à sua linguagem.

A própria verdade mais objectiva terá sempre uma componente subjectiva porque ela é verbalizada por pessoas, por sujeitos. Daí a advertência de Alçada Baptista: «Se eu fosse objecto seria objectivo; como sou sujeito serei sempre subjectivo».

No fundo, a verdade tem que ver com as convicções. Jean Rostand sinalizou: «Não tenho verdades, apenas convicções».

Eu não diria assim. Mas não há dúvida de que as convicções são o espelho da verdade na nossa alma. É por isso que temos de guiar a nossa vida por elas!
publicado por Theosfera às 09:41

O trabalho já foi visto como uma tortura (basta pensar na etimologia: «tripalium»).

Depois, passou a ser encarado como uma lei.

Mas, acima de tudo, deve ser assumido como uma oportunidade. Não apenas para alguns. Mas para todos.

O olhar de Victor Hugo foi cirúrgico: «O trabalho não pode ser uma lei sem que seja um direito»!

publicado por Theosfera às 09:40

Hoje, 01 de Agosto, é dia de Sto. Afonso Maria de Ligório e S. Félix de Gerona.

Um santo e abençoado dia para todos!

publicado por Theosfera às 07:05

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9

16
17
18

19
20
21
22
24
25

26
27
28
29
31


Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro