O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sexta-feira, 22 de Junho de 2012

Bem alertava o Padre António Vieira: «O tudo deste mundo e do outro é a alma, não é o mundo».

E, no entanto, tão pouca atenção damos à alma. À alma do próprio mundo!

publicado por Theosfera às 16:11

Há políticos que se impõem pela verborreia constante. Mas também há políticos (embora em número cada vez mais reduzido) que se destacam pela gestão dos silêncios.

Curiosamente, os primeiros desgastam-se muito mais que os segundos.

Charles de Gaule afirmou: «Nada faz realçar mais a autoridade do que o silêncio, esplendor dos fortes e refúgio dos fracos».

De facto, há quem se cale por não ter nada para dizer. Mas também não falte quem se resguarde por perceber que nem tudo é para dizer!

publicado por Theosfera às 10:44

E se fosse a Alemanha a ficar fora do euro? Eis uma equação que ninguém considera. Mas, curiosamente, Silvio Berlusconni reapareceu para defender essa possibilidade, para quase todos esdrúxula.

E, no entanto, hoje, a Alemanha pode ficar fora de um outro Euro. Não é provável. Mas não é impossível.

À Grécia não deve faltar vontade!

publicado por Theosfera às 10:43

Terá sentido, nos tempos que correm, falar de soberania?

A globalização parece tirar espaço às decisões nacionais, locais. Mas é possível reconsiderar o conceito. Em vez de poder e controlo, soberania poderá significar responsabilidade e protecção.

E, neste caso, tal soberania não se restringe ao interior de cada povo. Antes de sermos elementos de uma nação, somos membros de uma comum humanidade.

Onde há um ser humano em apuros, terá de haver uma acção de toda a humanidade em sua defesa.

O maior pecado é (mesmo) a indiferença!

publicado por Theosfera às 10:41

Muito se fala hoje do poder e muito se tende a esquecer o dever.

O poder é importante. Mas o dever é decisivo.

É pelo poder que mostramos o que queremos. Mas é pelo dever que revelamos o que somos.

A sentença de Confúcio mantém-se, pois, actual: «Aprende a viver como deves e morrerás bem»!

publicado por Theosfera às 10:41

Muito se fala (e escreve) sobre o Concílio Vaticano II.

Acaba de aparecer mais um livro em Portugal sobre o acontecimento.

50 anos foi o mote para 50 olhares.

A edição (da «Paulus») tem os seus méritos, embora, como se compreende, o texto resulte bastante heterógeneo.

É necessário, sem dúvida, voltar a conhecer o Concílio Vaticano II, que para muitos já passa despercebido.

Mas é fundamental evitar a tentação de o «arquivar». Este grande acontecimento apontou-nos um longo itinerário, que nunca estará concluído.

O Vaticano II tem de ser, pois, para conhecer, para estudar, para aplicar e também (não o ignoremos) para prosseguir.

O espírito do Concílio foi a premente atenção aos «sinais dos tempos».

Deus continua a falar no nosso tempo. Há que escutar a Sua voz. E nunca presumir que já está tudo decidido.

Somos sempre peregrinos no Tempo e jamais espectadores da História!
publicado por Theosfera às 10:38

Hoje, 22 de Junho, é dia de S. Paulino de Nola, S. João Fisher, S. Tomás Moro e S. José Cafasso. Refira-se que S. Tomás Moro não foi padre nem bispo. Foi um político, um político íntegro. Por causa da sua integridade, foi assassinado pelo rei, a 06 de Julho de 1535.

Um santo e abençoado dia para todos.

publicado por Theosfera às 07:14

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro