O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sábado, 05 de Maio de 2012

O poder, em vez de decidir, vigia. Em vez de actuar, controla.

Vigia os nossos passos. Controla os nossos actos.

A sociedade civil pode estar pujante, mas está cada vez mais condicionada.

A metáfora do «Big Brother» obtém crescente (e perturbadora) actualidade.

Mas, já antes, Jeremy Bentham falava do «pan-óptico», ou seja, da capacidade de uma só pessoa ter um ângulo de visão total sobre o conjunto.

Recordam-se da eliminação de Ben Laden? Tudo foi visto em Washington.

Só fazemos o que nos autorizam.

E, «last but not least», não falta quem ironize: «Sorria. Está a ser filmado»! A privacidade é uma doce recordação.

E uma longínqua miragem?

publicado por Theosfera às 16:23

Não creio que existam pessoas (muito menos, crianças) más.

O que há é muitas pessoas (e também crianças) dominadas pela maldade.

Se não estivermos atentos e não actuarmos cerce, podemos sofrer dissabores.

Falou-se do menino de 4 anos que, na semana pretérita, assassinou o pai por causa da «playstation».

Também se tem falado do menino, agora com 5 anos, que puxou a orelha à irmã de 6 meses com tanta força que a rasgou!

Mas antes já tinha matado animais. Torcia o pescoço a pardais com apenas 3 anos.

«Temos de falar sobre Kevin» é um filme que retrata uma criança com extremos requintes de crueldade.

Mas só a mãe se apercebe. Todos os outros dizem que os actos de crueldade são normais. Até que comete um massacre no liceu na véspera de fazer 16 anos. Isto para não ser julgado como adulto.

A ficção pode estar muito perto da realidade!
publicado por Theosfera às 12:06


Muita gente está na estrada. Muita gente se prepara para se fazer à estrada.

Como eu admiro a fé destas pessoas. Como venero tanta generosidade.

Portugal vai tornar-se um país em peregrinação.

Fátima é o destino, Maria é a luz.

Uma prece por todos. Curvo-me, respeitosamente, diante de cada um!

Deus os abençoe!

publicado por Theosfera às 12:05


Hoje, 5 de Maio, é dia de S. Vicente Ferrer, S. Máximo de Jerusalém, Sto. Ângelo, Sto. Hilário de Arles e S. Núncio Sulprízio.

Um santo e abençoado dia pascal para todos!

publicado por Theosfera às 12:04


«Não queiras saber tudo. Deixa um espaço livre para te saberes a ti».

Vergílio Ferreira, homem de palavras atento à vida, percebeu tudo.

Às vezes, até o saber é descentrado.

Sabemos tudo (ou muita coisa) fora e nada (ou muito pouco) sabemos acerca de nós.

Somos uns eternos desconhecidos?

publicado por Theosfera às 12:03


«Os factos são sonoros. O que importa são os silêncios por trás deles».

Muito subtil este pensamento de Clarice Lispector.

Às vezes, o que impressiona (e dói) mais é o que não se diz, o que não se mostra, o que se esconde!

publicado por Theosfera às 12:03


«Nós somos do tecido de que são feitos os sonhos». E

ste pensamento de Shakespeare é quase uma paráfrase da célebre afirmação de Gedeão: «O sonho comanda a vida»!

publicado por Theosfera às 12:02


Ao que dizem, as coisas não estavam a correr bem. As vendas estavam a baixar.

O que ocorreu na terça-feira não foi por causa das dificuldades das pessoas. Foi por causa da queda dos negócios.

Houve, sim, uma confluência de interesses. Quando os preços descem, a procura sobe.

Dizem que a entidade promotora da promoção terá facturado 11 milhões de euros!

Naquele dia, o consumidor pagou 50% a menos em relação ao preço estabelecido.

Dizem que, nos outros dias, paga 80% a mais em relação ao preço real.

Será verdade? Será mentira?

Basta matéria para reflectir!

publicado por Theosfera às 12:01


Dizem que «depressa e bem não há quem».

Mas há coisas em que a lentdião, já por si, prejudica.

Repare-se na justiça. Quando ela demora, prejudica-se os inocentes e favorece-se os culpados.

É por isso que Jean de La Bruyère tinha razão quando escreveu: «Uma coisa essencial à justiça que se deve aos outros é fazê-la prontamente e sem adiamentos; demorá-la é injustiça»!

publicado por Theosfera às 12:00

«Quando acertamos, ninguém se lembra. Quando erramos, ninguém se esquece».
Assim falou (pertinente e magnificamente) José Carlos Pereira!
publicado por Theosfera às 11:59


O dia 1 de Maio forneceu-nos, entre outras coisas, uma poderosa lição de comunicação.

Quando a mensagem é clara e simples, o resultado é imediato.

Não foi preciso fazer qualquer campanha com descontos neste ou naquele produto, com preços a terminar em 9 ou 99.

Bastou dizer que os descontos eram de 50% en tudo!

publicado por Theosfera às 11:58


A terça-feira era dia do trabalhador. O Natal é o dia da família. O domingo é o dia de descanso.

Em cada caso há celebrações que as pessoas até respeitam. Mas o comércio acaba por se sobrepor sempre.

Já não são os ideais que comandam a vida. São as necessidades. São os interesses.

Assim é na vida. Assim é nas próprias revoluções!

publicado por Theosfera às 11:57

É no princípio que tudo começa.

Eis uma redundância que se poderia dispensar. Mas o tempo mostra que pode ser uma verdade elementar que urge recordar.

Quando nos rimos e achamos graça às primeiras «maldades» das crianças, não estamos a ser simpáticos. Estamos a passar uma mensagem perigosa.

A criança (instintivamente) infere que o seu acto é aprovado.

Os educadores acham que ainda há muito tempo pela frente. Mas nenhum tempo substitui qualquer tempo, muito menos o tempo dos começos.

Pode, mais tarde, tentar-se a correcção. Mas é difícil e, em alguns casos, impossível.

Colocar professores e alunos a vigiar e a denunciar estudantes problemáticos mostra, sobretudo, preocupação. Mas não é muito pedagógico.

É preciso ser mais pró-activo que reactivo.

É fundamental sensibilizar e motivar as famílias. A escola começa em casa!

publicado por Theosfera às 11:55

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9

19




Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro