O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Domingo, 01 de Janeiro de 2012
Estamos a chegar ao fim do início de 2012.
O tempo é um enigma dificilmente decifrável. O mais distante, afinal, está muito próximo.
O princípio e o fim tocam-se com uma intimidade (quase) intimidante.
Uma fracção de segundo nos trouxe de 2011 para 2012.
A primeira parcela das 366 fatias deste ano já está consumida.
O fim já começou. Desde o princípio!
publicado por Theosfera às 23:44

Durante muito tempo, nascia-se cristão. Agora, recuperando uma percepção da antiguidade (ínsita, por exemplo, em Tertuliano), «tornamo-nos cristãos».
A fé já não vem, para muitos, pelo nascimento nem pela via sociológica. Vem pela opção de fundo, pela adesão pessoal.
Ela já não resulta de respostas que se repetem, mas de perguntas que se multiplicam.
Para viver a fé, as pessoas não se contentam com o território.
Procuram referências, constroem alternativas e têm uma ânsia de pureza, autenticidade e abertura que urge ter em conta!
publicado por Theosfera às 23:36

Muito se exalta o que é novo. Quem não fica seduzido pela novidade?
Basta pensar nos festejos que, apesar da crise, assinalaram a chegada do ano novo.
Só que, pensando bem, é o antigo que mais nos acompanha.
Estamos num novo ano, mas comemos alimentos do ano velho, estivemos com amigos de há muitos anos, mantivemos os hábitos de há muito tempo.
Os festejos seguem o modelo de sempre: foguetes, champanhe, música, saltos, banhos. O antigo tem valor.
O que é novo, afinal? Que o coração fique renovado. Que a vida seja melhor!
publicado por Theosfera às 23:16

Somos seres contingentes. E, por isso, devíamos ser humildes.
Ninguém é auto-suficiente. Todos somos interdependentes.
O outro é parte de nós. A pertença mútua é a chave do relacionamento.
publicado por Theosfera às 23:15

Após uma noite de paz e oração, verto o mais sincero desejo de que o resto do ano decorra na maior paz e no mais envolvente clima de oração.
Extirpemos os ódios e os ressentimentos, esbanjemos a reconciliação, o perdão e a esperança.
Demos as mãos.Pensemos no próximo e no pobre.
Não jugulemos a vida do desfavorecido. Mantenhamos acesa a coragem da verdade e da coerência.
Feliz 2012. Sob os auspícios de Santa Maria Mãe de Deus.
publicado por Theosfera às 23:14

Este não é o momento para ser original. Mas, não sendo original, gostaria de dizer com a máxima sinceridade: um ano novo repleto de paz, inundado de esperança.
Que a vida seja renovada no ano novo.
Que Deus habite todos os corações. Que o Seu amor nos guie nesta peregrinação da esperança pelo tempo!
publicado por Theosfera às 23:13

Um novo ano nos dás, Senhor:

12 meses para uma nova jornada pelos caminhos do Tempo,

52 semanas para uma nova peregrinação pelas estradas da Vida,

366 dias para uma nova aventura pelas encruzilhadas do Mundo.

 

Obrigado, Senhor, por mais esta oportunidade, com que — imerecidamente — nos presenteias em cada instante.

Sim, porque é no acolhimento do dom de cada instante

que mais envolvidos nos sentimos pela Tua solicitude

e que mais surpreendidos somos pelo Teu amor.

 

Que este novo ano, Senhor,

Sejam, pois, 12 meses de paz,

52 semanas de harmonia

e 366 dias de contínua solidariedade e esperança.

 

Sabemos que sozinhos não podemos nada.

Mas também sabemos que conTigo conseguiremos tudo.

Queremos, por isso, que o novo ano faça de nós criaturas novas,

porque só com homens novos será possível acender a chama do tempo novo!

 

Que ao longo deste ano, que hoje começa

nós queiramos ser

construtores da paz,

peregrinos da esperança,

arautos da Boa Nova,

testemunhas da verdade,

promotores da justiça,

semeadores do perdão,

paladinos da liberdade

e anunciadores da salvação.

 

Que, ao longo deste ano, nos encontres, Senhor,

mais atentos à Tua presença,

mais comprometidos com a Tua Palavra,

mais iluminados pela Tua luz,

mais fortalecidos pelo Teu Espírito

e mais inundados — por dentro e por fora — pela Tua infinita paz!

 

Que tudo isto não seja só o nosso sonho, mas também o nosso projecto.

Não só o nosso desejo, mas também o nosso esforço.

Não só o nosso horizonte longínquo, mas também o nosso empenhamento constante.

 

Pedimos-Te, Senhor,

que a santidade seja o nosso objectivo,

que a fé seja a nossa prioridade,

que a oração seja o ar que absorvemos,

que o silêncio seja a atmosfera que aspiramos

e que o Mandamento Novo seja a nossa eterna Lei!

 

Concede-nos

que o Teu rosto ilumine os nossos olhos,

que a Tua Palavra resplandeça em nossos lábios,

que o Teu exemplo desinstale o nosso ser

e que a Tua Vida transforme a nossa própria vida!

 

A Ti, Senhor, queremos agradecer,

em Ti, Senhor, queremos permanecer,

conTigo, Senhor, queremos gritar:

 

«Nunca mais a guerra!

Nunca mais o ódio!

Nunca mais a violência e a injustiça!».

 

Contamos conTigo,

conta connosco também

para fazermos deste ano

um passo em frente

na construção de um mundo melhor,

de um  mundo onde não haja grandes nem pequenos,

onde todos se sintam irmãos,

onde só Tu sejas Senhor,

pois o Teu senhorio

é a garantia mais segura

de que a humanidade

ainda pode ser uma única família,

um imenso povo de irmãos!

publicado por Theosfera às 00:00

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9

16
17
18
19

26
28



Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro