O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quinta-feira, 30 de Junho de 2011

O teólogo tem de primar não só pela complexidade da inteligência, mas também pela simplicidade do coração.

 

Só assim perceberá o núcleo do mistério de Deus. Este consegue transformar a estranheza ontológica em entranheza pessoal.

 

Este é, no fundo, o significado da cristania, que vai mais além da cristandade e do próprio cristianismo. Trata-se da presença impactante de Jesus em cada pessoa.

 

Eis algumas ideias luminosas que retive de Olegário González de Cardedal que, hoje mesmo, foi galardoado com o prémio atribuído pela Fundação Ratzinger/Bento XVI.

 

O Papa referiu o trabalho de décadas que os dois foram desenvolvendo.

 

Já se fala deste galardão como sendo uma espécie de Nobel da Teologia.

publicado por Theosfera às 15:49

 O Governo vai adoptar «uma contribuição especial para o ajustamento orçamental» em sede de IRS, a vigorar apenas este ano, «equivalente a 50% do subsídio de Natal».

 

«Esta medida, cujo detalhe técnico está ainda a ser ultimado, será apresentada nas próximas duas semanas. Mas posso adiantar que a intenção é que o peso desta medida fiscal temporária seja equivalente a 50% do subsídio de Natal acima do salário mínimo nacional», declarou o primeiro-ministro.

 

«A medida é temporária e vai vigorar só em 2011», disse o primeiro-ministro e aplica-se a todos os contribuintes. O anúncio foi feito por Pedro Passos Coelho no discurso de abertura do debate do Programa do Governo, na Assembleia da República. Governo vai adotar «uma contribuição especial para o ajustamento orçamental" em sede de IRS, a vigorar apenas este ano, "equivalente a 50% do subsídio de Natal».

 

«Esta medida, cujo detalhe técnico está ainda a ser ultimado, será apresentada nas próximas duas semanas. Mas posso adiantar que a intenção é que o peso desta medida fiscal temporária seja equivalente a 50% do subsídio de Natal acima do salário mínimo nacional», declarou o primeiro-ministro.

 

Recorde-se que o PEC IV foi rejeitado por causa da sobrecarga que representava para os portugueses. Afinal, a sobrecarga vai ser maior que o esperado.

 

Destaque para a atitude moderada da Dra. Maria de Belém.

 

A dor vai ser grande. Que, ao menos, valha a pena. E que a curva descendente se encerre de vez. Mas a recessão é a única certeza.

 

 

 

publicado por Theosfera às 15:43

O último dia do primeiro semestre pode ficar marcado pelo anúncio de vida (ainda mais) difícil para o segundo semestre.

 

A ser verdade o que se vaticina, compreende-se a amargura e entende-se a desilusão.

 

É claro que um governo desgastado não teria condições (nem políticas nem psicológicas) para onerar ainda mais o já depauperado povo.

 

Mas também é verdade que, pela amostra, o desgaste do actual executivo começa a pairar praticamente ainda antes de ter iniciado funções.

 

Como era de prever, vamos ter mais alternância que alternativa.

 

Há muito que a política deixou de estar voltada para as pessoas.

 

Acresce que a política económica perdeu todo o capital de criatividade que se esperava, designadamente em princípio de ciclo.

 

Aumentar impostos (mesmo quando se disse que tal não iria acontecer) parece ser o único expediente.

 

Aguardemos pela prova dos factos. Mas de quem já disse estar disposto a ir mais além do que prevê a troika não há muito a esperar.

 

Que não esmoreça a esperança.

publicado por Theosfera às 10:31

«Morrer é a última coisa que tenciono fazer».

Assim escreveu (lúcida e magnificamente) Maria Filomena Mónica.

publicado por Theosfera às 10:21

«Quando partires, se partires, terei saudades. Quando ficares, se ficares, terei saudades».

Assim escreveu (acutilante e magnificamente) Adília Lopes.

publicado por Theosfera às 10:15

«Leva muito tempo a tornarmo-nos jovens».

Assim escreveu (subtil e magnificamente) Pablo Picasso.

publicado por Theosfera às 10:13

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9

18




Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro