O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Domingo, 05 de Junho de 2011

Não sendo fácil, o mais difícil não é ganhar eleições.

 

Não sendo impossível, o mais difícil é governar o país.

 

A partir de agora, começa o verdadeiro escrutínio.

 

Queremos crer que Portugal não é uma missão impossível.

publicado por Theosfera às 23:23

O povo já decidiu e os resultados estão escrutinados.

 

Ninguém pode ser dado como vencido.

 

E só haverá vencedores se for o país a triunfar.

 

Amanhã começa a verdadeira campanha: a de recuperar Portugal.

 

Ninguém pode ser dispensado desta tarefa. Todos são necessários para esta missão.

publicado por Theosfera às 21:59

Este é o momento da expectativa, da ansiedade.

 

Dentro de minutos, será anunciada a decisão do povo.

publicado por Theosfera às 19:35

Habitualmente, estas efemérides assinalam aquilo que está em causa.

 

O Dia Mundial do Ambiente chama a atenção para o nosso (des)cuidado para com a natureza.

 

Nos últimos tempos, tem havido sobejos intentos de uma Teologia ecológica.

 

A partir da criação, há elementos de sobra para um crente se empenhar activamente na promoção de uma cultura de respeito para com a totalidade da obra de Deus.

 

Jürgen Moltmann, por exemplo, mobiliza-nos para a urgência de uma ética da reconciliação com Deus, com os homens e com a criação.

 

Haja em vista, desde logo, uma evidência: por cada vitória do Homem contra a natureza, surge uma revolta da natureza contra o Homem.

 

É que Deus perdoa sempre, o Homem perdoa às vezes, mas a natureza não perdoa nunca.

 

Ela sente-se. Estrebucha. Estremece. E revolta-se.

 

Saibamos, pois, respeitá-la e promovamos um ambiente são, harmonioso, sereno e pacificante.

publicado por Theosfera às 12:00

É natural que o próximo Parlamento e o futuro Governo, seja qual for a respectiva composição, introduzem mudanças em muitos segmentos da nossa vida.

 

Não poderão o próximo Parlamento e o futuro Governo suspender a aplicação do Acordo Ortográfico?

 

Neste caso, faço meu o apelo do jornal Público.

 

Tendo em conta que o célebre memorando da troika não segue as normas do referido Acordo, não será possível que isso conduza «ao seu corajoso abandono, a bem da língua portuguesa e da sua saudável diversidade internacional»?

 

É que, pelos vistos, até no Brasil há uma grande contestação ao que consideram ser um relaxamento no uso da língua.

 

Se alguma coisa se quiser fazer (uma língua não é inamovível), siga-se o percurso normal: primeiro pense-se e, depois, faça-se.

 

Neste caso, parece que foi ao contrário: fez-se e, só agora, começamos a pensar.

 

É tudo tão arbitrário (consoantes mudas que acabam, consoantes mudas que ficam) que parece deixar de haver um fio condutor.

 

As explicações que são dadas só vêm envolver-nos com um enorme tédio.

 

Até a beleza do nosso idioma parece evaporar-se.

 

Será que tudo isto é irreversível?

 

Com serenidade, pense-se o que foi feito e, se for caso disso, repense-se o que terá sido pensado.

publicado por Theosfera às 10:47

Hoje é dia da ascensão de Jesus.

 

Ascensão quer dizer subida.

 

Tu já subiste bastante. Mas irás subir ainda mais.

 

Irás subir até ao alto dos teus sonhos, até ao infinito da tua esperança.

publicado por Theosfera às 06:08

«Quem diz a verdade acaba no caminho do exílio».
Assim diz (pertinente e magnificamente) um provérbio turco, via Abrupto.
publicado por Theosfera às 00:00

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9

18




Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro