O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sábado, 01 de Janeiro de 2011

No princípio, era a Paz,
a Paz estava com Deus
a Paz era Deus.

A Paz estava, no princípio, com Deus.
Tudo começou a existir por meio dela
e, sem ela, nada existe.

Nela está a vida
e a vida é a luz dos homens.

A luz resplandece nas trevas,
mas as trevas não a acolhem.

Surgiu, então, um homem enviado por Deus

Veio como testemunha,
para dar testemunho da Paz,
a fim de todos acreditarem por seu intermédio.

Ele (ainda) não era a Paz,
mas veio para dar testemunho da Paz.

A Paz é a luz verdadeira
que, vindo ao mundo,
ilumina todo o homem.

Ela está no mundo
e o mundo foi feito por ela,
mas o mundo não a quer conhecer.

Ele vem ao que é seu,
mas os seus não o querem receber.

Aos que a recebem,
aos que acreditam nela,
dá-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus.

E a Paz fez-se carne
e habita entre nós.

Nós vemos a sua glória,
glória de lhe vem de Deus,
cheia de graça e de verdade.

Da sua plenitude todos nós recebemos,
graça sobre graça.

Porque, se a Lei foi dada por meio de Moisés,
a graça e a verdade vieram por meio da Paz.

A Deus ninguém jamais O viu:
A Paz que está no seio do Pai
é que O dá a conhecer!

publicado por Theosfera às 00:05

Que não seja só novo o ano.

 

Que seja nova a vida.

 

Sobretudo a vida.

publicado por Theosfera às 00:04

Um novo ano nos dás, Senhor:

12 meses para uma nova jornada pelos caminhos do Tempo,

52 semanas para uma nova peregrinação pelas estradas da Vida,

365 dias para uma nova aventura pelas encruzilhadas do Mundo.

 

Obrigado, Senhor, por mais esta oportunidade, oferta graciosa da bondade com que — imerecidamente — nos presenteias em cada instante.

Sim, porque é no acolhimento do dom de cada instante

que mais envolvidos nos sentimos pela Tua solicitude

e que mais surpreendidos somos pelo Teu amor.

 

Que este novo ano, Senhor,

sejam pois 12 meses de paz,

52 semanas de harmonia

e 365 dias de contínua solidariedade e comunhão.

 

Sabemos que sozinhos não podemos nada.

Mas também sabemos que conTigo conseguiremos tudo.

Queremos, por isso, que o novo ano faça de nós criaturas novas,

porque só com homens novos será possível acender a chama do tempo novo!

 

Que ao longo deste ano, que hoje começa

nós queiramos ser

construtores da paz,

peregrinos da esperança,

arautos da Boa Nova,

testemunhas da verdade,

promotores da justiça,

semeadores do perdão,

paladinos da liberdade

e anunciadores da salvação.

 

Que, ao longo deste ano, nos encontres, Senhor,

mais atentos à Tua presença,

mais comprometidos com a Tua Palavra,

mais iluminados pela Tua luz,

mais fortalecidos pelo Teu Espírito

e mais inundados — por dentro e por fora — pela Tua infinita paz!

 

Entretanto, que tudo isto não seja só o nosso sonho, mas também o nosso projecto.

Não só o nosso desejo, mas também o nosso esforço.

Não só o nosso horizonte longínquo, mas também o nosso empenhamento constante.

 

Pedimos-Te, Senhor,

que a santidade seja o nosso objectivo,

que a fé seja a nossa prioridade,

que a oração seja o ar que absorvemos,

que o silêncio seja a atmosfera que aspiramos

e que o Mandamento Novo seja a nossa eterna Lei!

 

Concede-nos

que o Teu rosto ilumine os nossos olhos,

que a Tua Palavra resplandeça em nossos lábios,

que o Teu exemplo desinstale o nosso ser

e que a Tua Vida transforme a nossa própria vida!

 

A Ti, Senhor, queremos agradecer,

em Ti, Senhor, queremos permanecer,

conTigo, Senhor, queremos gritar:

«Nunca mais a guerra!

Nunca mais o ódio!

Nunca mais a violência e a injustiça!».

 

Contamos conTigo,

conta connosco também

para fazermos deste ano

um passo em frente

na construção de um mundo melhor,

de um  mundo onde não haja grandes nem pequenos,

onde todos se sintam irmãos,

onde só Tu sejas Senhor,

pois o Teu senhorio

é a garantia mais segura

de que a humanidade

ainda pode ser uma única família,

uma imensa filadélfia

e uma luminosa fraternidade universal!

publicado por Theosfera às 00:03

Dia de Ano Novo,

 

Dia de Santa Maria Mãe de Deus,

 

Oitava do Natal,

 

Dia Mundial da Paz.

publicado por Theosfera às 00:00

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro