O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quarta-feira, 05 de Maio de 2010

Yves Steiner é jornalista de um semanário suíço e esteve, recentemente, em Portugal.

 

Pelo que publicou, não gostou muito do que viu e ouviu. Apercebeu-se de que somos um país em crise, com ares fortes de depressão.

 

Até quem aufere salários de 3500 euros por mês pensa em emigrar.

 

Mas o que chamou mais a atenção do repórter foi a quantidade de edifícios com a indicação de fechado.

 

Trata-se, na maior parte dos casos, de fábricas que deixaram de operar, atirando, assim, muita gente para o desemprego.

 

Eis, pois, uma realidade que deve ser lida como sinal. Estará o país em vias de fechar?

 

Não exageremos. Mas também não facilitemos em demasia...

publicado por Theosfera às 19:22

Antes de mais, os factos. Mas há opiniões que devem ser valorizadas porque elas configuram um olhar atento e uma leitura inteligente dos mesmos factos.

 

Esta entrevista do Doutor Vítor Bento merece uma reflexão apurada. Aqui.

publicado por Theosfera às 11:53

Desta vez, estou com Zapatero.

 

Perante rumores sobre a dívida da Espanha e as cotações obtidas na Bolsa, o primeiro-ministro manteve a serenidade e alertou: «Devemos basear-nos em factos, não em opiniões».

 

Edmund Husserl está de volta com o seu às coisas mesmas!

publicado por Theosfera às 11:36

Eis mais um neologismo que a crise veio trazer para o vocabulário.

 

Neofrugalismo é a tendência para pensar melhor e, quiçá, para recuar na hora de fazer determinadas compras.

 

Há que contar os euros e, em muitos casos, os próprios cêntimos.

 

E os especialistas vaticinam que, mesmo quando a crise passar, nada vai ser como dantes.

 

A crise é mestra. Está a ensinar-nos a sermos frugais, comedidos.

publicado por Theosfera às 11:33

Sendo de uma terra com várias fábricas de foguetes, guardo na memória a explosão em quase todas e, nalguns casos, por mais de uma vez.

 

Tenho guardados os gritos desesperados de mães que perderam filhos.

 

Recordo, particularmente, o caso de uma adolescente chamada Sandra. Tinha apenas 15 anos e também ela foi morta. Os gritos da mãe chegaram a toda a parte, mal ouviu o estrondo assassino.

 

Ontem, em Vila do Conde mais uma vítima mortal numa pirotecnia. Que dizer?

publicado por Theosfera às 11:29

Cortaram-te as pernas, Irmão? Mas não te cortaram as asas.

 

Se não te deixam andar, pelo menos podes voar.

 

Não comeces a desistir. E nunca desistas de começar.

 

Nunca é cedo para iniciar uma tarefa.

 

Nunca é tarde para fazer o bem.

publicado por Theosfera às 10:42

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
15





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro