O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Domingo, 03 de Janeiro de 2010

 

O arquivo do senhor D. António de Castro Xavier Monteiro é deveras fecundo. Acabo de encontrar um duplo decálogo que ele elaborou. É claro que há aspectos que são datados, filhos do tempo, mas mantêm plena sabedoria e soluçante actualidade.
 
Assim, o Decálogo para a Esposa diz o seguinte:
1.                Não deves falar sempre: o teu marido também deve ser escutado;
2.                Deves amar o teu marido, ter a comida a horas e a casa em ordem;
3.                Não deves meter-te nos assuntos meramente civis e sociais do teu marido;
4.                Não deves divertir-te, difundindo infundados rumores sobre os teus vizinhos;
5.                Não deves orgulhar-te do teu marido na presença dos homens, mas honrá-lo com factos;
6.                Quando tenhas que fazer-lhe alguma advertência, fá-la, mas com graça e, depois, esquece tudo;
7.                Deves ser paciente com os defeitos do teu marido e, dada a ocasião, fazer ressaltar as suas boas qualidades;
8.                Não deves fazer do teu marido um criado;
9.                Não percas o tempo em vaidades, descuidando o cuidado da casa;
10.            Lembra-te que, às vezes, convém que o teu marido se encontre só; em tais ocasiões, não deves estorvá-lo.
 
Já o Decálogo para o Marido refere:
1.                                Deves ter para a tua mulher agora a mesma cortesia que tinhas nos primeiros dias;
2.                                Deves manifestar, com uma palavra ou com um olhar, a tua aprovação pela comida que te serve, porque esta não vem sozinha para a mesa;
3.                                Lembra-te da tua mulher e consulta-a sobre os teus problemas; fala-lhe do teu trabalho;
4.                                Deves evitar sempre a aparência de maldade, observando a conduta que julgues razoável na tua mulher;
5.                                Não deves mentir-lhe a respeito dos teus lucros porque Deus considera culpável o que mente à sua mulher nos assuntos domésticos;
6.                                Deves recordar o aniversário da tua mulher, filhos e do teu matrimónio;
7.                                Nunca deves discutir excessivamente com tua mulher porque sabes que a última palavra a quer dizer a mulher;
8.                                Deves ser sempre complacente com a tua mulher nos limites do possível e do razoável;
9.                                Não deves fazer pesar sobre ela o teu mau humor ou a tua má sorte;
10.                            Não deves dar à tua mulher motivos de ciúmes, como não deves estar ciumento dela, comportando-te com ela de modo a possuíres todo o seu coração e só seja para ti.
 
 
publicado por Theosfera às 23:01

O Dr. Nuno Resende tem um blog - Obliviário - cuja leitura não dispenso e com cujas posições me identifico. É um jovem com muita coragem como se pode ver nesta tomada de posição: «Nós, nunca, em tempo algum, conseguiremos ser imparciais. A imparcialidade é, cada vez mais, sinónimo de incompetência, de não-sei-fazer-por-isso-não-me-pronuncio. Ora eu que acredito, cada vez mais na democracia participativa, que os políticos somos nós e não aqueles que insistem em nos apresentar para elegermos, quase à força; eu, que acredito que é de dentro de nós que partem as revoluções (se houver necessidade delas) e que nada se faz delegando nos outros; ora eu, nunca poderei, nem quero ser imparcial. Quero ser o paradoxo de que falava Agostinho da Silva. Nem ortodoxo, nem heterodoxo. O Paradoxo».

publicado por Theosfera às 18:38

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9






Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro