O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quarta-feira, 16 de Dezembro de 2009

Vi a reportagem com o Padre Rui. Compreendo o drama e percebo o impacto que teve sobretudo para com alguém ordenado há tão pouco tempo.

 

Não deu para perceber se houve algum acompanhamento por parte da Diocese. É importante que tal acompanhamento nunca falte em todas as fases da vida. O testemunho da irmã de sangue foi impressivo.

 

Retenho o testenunho que o Padre Rui deu acerca do seu bispo: «Recebeu-me como a um filho». Notável!

 

Rezo pelo Padre Rui. Muito.

publicado por Theosfera às 23:00

É um assunto delicado e continuo a pensar que o mais sensato seria o silêncio. Mas já que o Padre Rui resolveu falar, escutemo-lo.

 

A RTP1 anuncia uma entrevista de 38 minutos com o sacerdote que, após um ano de ordenação, saiu das paróquias na companhia de uma jovem.

 

Pelo excerto que já foi divulgado, dá para perceber que a decisão foi a consequência de atitudes que o magoaram.

 

 É por isso que a oração é determinante sobretudo nas horas de drama. Mas é por isso também que não condeno ninguém. Há dramas que desfiguram completamente um rumo.

 

Tenho acompanhado casos de colegas que deixam o ministério no meio de uma tormenta em que a falta de acompanhamento e de humanidade foram a causa determinante.

 

Mas creiam todos que é sobretudo aí (na hora do drama) que o Senhor mais faz sentir a sua presença.

publicado por Theosfera às 16:26

O Prefeito da Congregação para o Clero, Cardeal Cláudio Hummes, alentou os sacerdotes a não descuidarem a oração porque esta fortalece o ministério ao cultivar «a intimidade do discípulo com seu Mestre, Jesus Cristo».

«Em verdade, sem o alimento essencial da oração, o Presbítero adoece, o discípulo não encontra forças para seguir o Mestre, e assim morre por inanição», advertiu o Cardeal em uma carta.

O Arcebispo Emérito de São Paulo recordou que «a oração ocupa necessariamente um lugar central na vida do Presbítero» e trata-se de uma arma para vencer o diabo, que, por sua parte, procura debilitar o pastor para poder acabar com as ovelhas.

«(São João) Crisóstomo admoesta que a diminuição dos pastores faz e fará diminuir sempre mais o número dos fiéis e das comunidades. Sem pastores, nossas comunidades serão destruídas».

publicado por Theosfera às 16:24

«A superstição ofende mais a Deus do que o ateísmo».
Assim escreveu (intensa e magnificamente) Denis Diderot.

 

publicado por Theosfera às 11:15

 

Por estes dias, há muita luz no exterior. Mas há também muitas trevas no interior.
Que adianta tanto enfeite, tanta arte e tanta despesa se, cá dentro, tudo é trevas, sombra, negrume?
Vamos gerindo uma existência puramente ex-cêntrica e plenamente des-concentrada. Neste mundo — e particularmente nesta quadra — não somos nós que estamos em nós. É tudo agitação. Frenesim. Azáfama.
Ele são as compras. Os presentes. As roupas. E, como se não bastasse, são também as rivalidades e as invejas. O vizinho não pode ter vestidos melhores que os meus. O colega não há-de exibir mais riqueza que eu.
Porquê tudo isto, irmão? Que ganhas com tanto afã?
Já reparaste em como a luz que abunda no exterior é aquela que falta no teu interior?
Pára um pouco. Entra dentro de ti. Já vai sendo tempo…
publicado por Theosfera às 11:13

Já nos encontramos em plena sequência de almoços e jantares de Natal. Se há crise, não parece. Não há associação, grupo, clube, partido ou escola que não promova iniciativas deste jaez. Há na mesma a troca de prendas e as iguarias habituais. Nada a opor. Mas não seria mais mais condizente com o espírito de Natal algum comedimento, reservando a consoada para a família e encaminhando o dispêndio destas consoadas para os pobres? Depois, parece tudo tão formatado, tão standard. Não levem a mal. É o que sinto, é o que o coração me dita...

publicado por Theosfera às 11:06

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro