O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Domingo, 25 de Outubro de 2009

Tenho a maior veneração por todos os meus irmãos padres, mesmo por aqueles que não conhece.

 

Isso não me impede de acolher algumas perplexidades.

 

Confesso que não sei o fazem armas (ainda por cima, ilegais) em casa de um padre.

 

Não julgo ninguém.

 

Mas há coisas que me deixam completamente descompensado...

publicado por Theosfera às 19:33

Os simples comovem-me.

 

Os humildes convencem-me. E enternecem-me.

publicado por Theosfera às 19:06

Desde há anos que no Iraque é sempre a mesma coisa.

 

Hoje, mais um atentado, mais mortos, mais pranto.

 

Uma pergunta, vadia, invadiu-me neste nocturno fim de tarde: no Iraque ainda gente para matar, ainda há gente para morrer?

publicado por Theosfera às 19:03

Na minha terra natal (S. João de Fontoura, Resende), as eleições saldaram-se por um empate a 282 votos.

 

Inicialmente, a vitória tinha sido dada a um grupo de independentes por um voto.

 

Mas a recontagem, operada em tribunal, resultou num empate.

 

Hoje, há novo acto eleitoral.

 

Certamente, haverá serenidade e civismo. como é apanágio daquelas boas gentes.

 

Muita paz no Senhor. 

publicado por Theosfera às 16:25

Numa altura em que tanto precisamos de unidade, eis mais uma vaga de causas fracturantes.

 

Como é que pessoas que pouco apreço têm pelo matrimónio querem formalizar um casamento?

 

A vida privada a cada um diz respeito.

 

Mas o casamento não é tão privado assim. É o alicerce da vida pública.

 

Adjectivar a família acaba por ser um modo de a esvaziar. Não há família tradicional versus famílias alternativas.

 

A família, resultante da união do homem e da mulher aberta à geração de novos seres, é a âncora da sociedade e o sedimento da sua estabilidade.

 

Se a família cresce em instabilidade, como pretender a estabilidade na sociedade?

 

Serenidade, pois.

publicado por Theosfera às 15:33

Mais uma vez, Lamego marcou pontos nos indicadores da solidariedade.

 

Esta manhã, foram largas as centenas de pessoas que demandaram uma escola da cidade para dar sangue.

 

Uma bela maneira de começar este Domingo, dia do Senhor. Ele também deu o seu sangue por nós, por todos.

publicado por Theosfera às 15:30

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14




Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro