O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sábado, 20 de Fevereiro de 2010

Sempre apreciei Pedro Barroso. Sempre achei que era um cantor (ou um cantautor) injustamente inapreciado.

 

Daí a atenção que dou ao seu diagnóstico: «Vivemos dias cinzentos. Dá vontade de voltar, outra vez, à canção de intervenção».

 

Ontem já era tarde. Ouçamos, de novo, Vergílio Ferreira: «Quando a situação é mais dura, a esperança tem de ser mais forte».

publicado por Theosfera às 11:47

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9

15




Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro