O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Terça-feira, 16 de Julho de 2013

Feliz foi o Abbé Pierre quando disse que o padre deve ser «um agente de contágio».

Sim, de um contágio entre o divino e o humano, entre o céu e a terra, entre o tempo e a eternidade.

É por isso que o padre vem do templo para o tempo.

O seu lugar é a sacristia e o adro.

Ele é o homem da oração e da missão. É o nómada de todos os caminhos e o peregrino de todos os corações.

É «homo Dei» e, nessa medida, «homo homnibus». O homem de Deus tem de ser sempre homem para todos os homens.

Os que estão soterrados nos fundos da existência devem encontrar no padre um vislumbre de luz, um suplemente de vida, um sopro de alento, uma manhã de esperança!

publicado por Theosfera às 05:24

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro