O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Segunda-feira, 17 de Junho de 2013

Há quem veja o exagero como uma confirmação da verdade. Mas o exagero é capaz de ser, antes, um ofuscamento.

Quando se está no caminho da verdade, não há exageros.

Já Kahil Gibran nos punha de sobreaviso quanto a isto: «O exagero é a verdade que perdeu a calma».

Não percamos a calma. A verdade também não costuma perdê-la. Ainda que tarde, ela aparece!

publicado por Theosfera às 20:14

De Anónimo a 17 de Junho de 2013 às 22:59
O povo, com a sua peculiar e ancestral sabedoria costuma dizer: "a verdade é como o azeite: vem sempre à tona da água".Mas, até que ela venha à tona da água, quanto sofrimento é infligido às pessoas que são objecto das inverdades?! E o que dói é que, por vezes, são pessoas com uma boa reputação, muito estimadas e conceituadas em certos meios, que tudo fazem para construir, alimentar e manter firmes essas inverdades monstruosas.


mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro