O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Domingo, 12 de Maio de 2013

Nem tudo vem pelas palavras. Há muito que também pode vir pelo silêncio.

Pensemos sobretudo no saber estar, no saber fazer, no saber ser.

Foi talvez por isso que Ibn Muqaffa defendeu que «a condição soberana do saber é o silêncio».

Há muita coisa que é derreada na turbulência das palavras.

O silêncio não é ausência de comunicação. Pode ser o grande crisol da comunicação.

Fiquemos com esta convicção de William Shakespeare: «É melhor ser rei do teu silêncio do que escravo das tuas palavras». Tanto mais que as atitudes estão, quase sempre, a desmentir as nossas palavras.

Não deixemos de falar. Mas pensemos também na força comunicativa do silêncio!

publicado por Theosfera às 08:44

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro