O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Segunda-feira, 06 de Maio de 2013

Recordo tempos em que quase tudo parava quando alguém morria: uma familiar, um amigo, um vizinho.

A vida não pára, mas paravam as pessoas.

Por um certo tempo, interrompia-se a cadeia das actividades: para confortar, para meditar.

Agora, pelos vistos, nem o folguedo, nem os bailes, nem as bebidas podem parar.

Respeito.

Mas entristeço-me: por quem morreu e por quem (sobre)vive assim!

Não levem a mal. É o que sinto!

publicado por Theosfera às 16:21

De Alano de La Roche a 7 de Maio de 2013 às 00:27
Sinais dos tempos, Sr.Padre João...
Triste, mas verdade...
É o domínio desta estúpida era a que convencionou chamar tecnocracia...
Não nos deixemos, porém, levar por esse demónio. Há valores divinos que têm de se manter perenes !

De Maria da Paz a 7 de Maio de 2013 às 00:47
Eu sinto o mesmo, Rev.mo Senhor Doutor.

Mas parece que, infelizmente, os sentimentos desapareceram. Desapareceram os sentimentos de afecto, de respeito de entrega aos outros, de presença amiga, leal, verdadeira. Hoje, cada um está demasiado ocupado com os seus divertimentos, com o número de bebidas que consome, com os seus "brinquedos" electrónicos... em suma: cada um está muito preocupado com o seu umbigo!
Triste sinal dos tempos; anúncio de um tempo de lutas egoístas, de sofrimento, de morte... Chego a convencer-me de que o Mundo vai acabar em consequência do individualismo, do egoísmo, da indiferença...É que tudo isto é estéril e destrutivo. Dá animpressão de que a Humanidade está a suicidar-se!... Horrível!


Mas tenho a certeza de que Deus providenciará uma nova era: no Amor com Ele e com os Irmãos. Uma vez mais, Deus providenciará!


mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro