O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sexta-feira, 03 de Maio de 2013

Muito se tem discutido sobre a educação.

Grande é o investimento (não só financeiro) na educação e muito grande parece ser a insatisfação que gravita no universo da educação.

Muito se conquistou nos últimos tempos. Mas muito se foi perdendo também.

Ganhámos em tecnologia, em agilidade, em conhecimentos sectoriais. Fomos perdendo em humanismo, em cultura geral, em complexidade.

Importaria perceber que não basta que o professor seja professor. O professor, acima de tudo, tem de ser mestre.

O professor fornece conhecimentos. O mestre oferece um testemunho, um padrão de conduta, um referencial de valores.

Neste mesmo sentido, o aluno também não se pode limitar a ser aluno. Tem de procurar ser discípulo.

O aluno ouve o mestre. O discípulo aprende com o mestre, convive com o mestre, segue o mestre!

publicado por Theosfera às 18:57

De Evágrio Pôntico a 4 de Maio de 2013 às 02:19
Tem toda a razão, Sr. Padre João !

Infelizmente, hoje, pelas circunstâncias que todos conhecemos -- houve um PM de há alguns anos atrás, que desenvolveu uma política feroz de descredibilização (talvez por complexo de inferioridade, pois sabe-se que os tiranos sofrem desse desajustamento psíquico) dos professores, das autoridades, de outros profissionais dos vários sectores da sociedade, desde advogados a magistrados, médicos, polícias … etc., tentando nivelar tudo por baixo, e concedendo aos bárbaros o direito de contestar o que era justo e o que estava bem organizado -- hoje, dizia, perdeu-se o respeito e a admiração não só pelos bons professores, mas também por todos os que trabalham honestamente e procuram dignificar a sociedade.
Aliás, parece até existir antipatia geral (ou inveja?) por quem procura fazer bem as coisas…

Tentou criar-se uma sociedade baseada na mediocridade, para que os medíocres imperassem, e os profissionais esforçados e competentes fossem arredados dos lugares que merecidamente lhes estariam reservados…

Assim, com tanto medíocre que pulula por aí, não há, evidentemente, mestres a seguir… pois o mestre é exemplo vivo de competência, probidade e elevado gabarito moral.


mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro