O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Terça-feira, 30 de Abril de 2013

As comparações são odiosas. Mas acabam também por ser inevitáveis.

A educação é melhor hoje?

Há respostas para todos os gostos, mas que não chegam para apagar um indisfarçável desgosto.

Há quem pense que outrora se preparava melhor os poucos que estudavam.

Em causa está sobretudo a língua portuguesa, a matemática e a história. Há muita gente escolarizada (e até diplomada) que exibe muitas lacunas nestes domínios.

Hoje parece que o destaque está mais na inteligência técnica do que na inteligência teórica. O objectivo parece ser mais integrar do que seleccionar.

Esta insatisfação até pode ser fecunda. É sinal de que melhor (afinal) é possível!

publicado por Theosfera às 10:21

De Evágrio Pôntico a 30 de Abril de 2013 às 12:13
Antigamente, os alunos ficavam muito melhor preparados.
Os programas centravam-se no essencial e eram exigentes. Agora, dispersam-se por matérias sem interesse, só para preencher tempo...

Os alunos do ante 25 A tinham aulas, geralmente, só de manhã. Ficavam, pois, com as tarde livres para estudar e para se distrair, o que era salutar.

Os Srs. Professores, no dia seguinte, faziam "chamadas" sobre a matéria do dia anterior, o que obrigava os alunos a estarem sempre bem preparados.

Infelizmente, toda esta boa pedagogia se foi perdendo, substituída
por "facilitismos" que começaram a nivelar por baixo os conhecimentos e as qualidades dos estudantes. Daqui que o Ensino se tenha degradado, lógica e inexoravelmente...

Creio que esta política pedagógica não foi (não é) inocente, pois visa embrutecer os jovens, para serem mais facilmente manipuláveis pelos políticos de meia-tigela que mandam no País e na Europa...

De Maria da Paz a 1 de Maio de 2013 às 00:47
Ex.mo Senhor:
Assim é, infelizmente!
Com esta nova escola, corrompeu-se a Juventude: alvo apetecível para quem tem más intenções! E o pior é que ninguém (ou quase ninguém) vê isto! Pobres Jovens à deriva, escravizados aos seus instintos, porque, deliberadamente, lhes é negada uma formação humana e cristã de excelência, infelizmente é-lhes negado o conhecimento sério, profundo, exigente. Nivelou-se por baixo. O ensino está (bizarramente, estranhamente) a embrutecer a Juventude. É a nova matança dos Inocentes! E ninguém se insurge, ninguém grita, ninguém rasga as vestes, num protesto eficaz para mudar o que está mal (e que é quase tudo). Já estamos a pagar - vamos, no futuro, pagar duríssimo, este descalabro para com os Jovens.
Maria da Paz

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro