O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sábado, 20 de Abril de 2013

Parece elementar, mas, às vezes, temos dificuldade em aceitar.

A noite faz parte do dia. A obscuridade acompanha-nos. O mistério preenche-nos.

A claridade não surge a toda a hora. É preciso esperá-la, atendê-la.

Junot Díaz, um dos escritores mais renomados da nova geração, assume que «não perceber faz parte da literatura. Se quisermos que tudo seja sempre claro, é porque estamos a fazê-lo mal».

Se a literatura só tivesse lugar para aquilo que se apreende de imediato, que lugar haveria para Pessoa ou para Kafka?

publicado por Theosfera às 11:36

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro