O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Segunda-feira, 28 de Janeiro de 2013

De novo o Acordo Ortográfico. Sempre o Acordo Ortográfico.

Apenas um pequeno contributo para o discernimento.

Creio que se tem estado a confundir adaptação com unificação.

Uma coisa é adaptar a língua. Outra coisa, bem diferente, é pretender unificar a língua.

A adaptação, ainda que discutível, é viável. A unificação parece-me pura e simplesmente impossível.

Ainda que alguém as pretenda unificar, a pronúncia e a grafia do português de Portugal serão inevitavelmente (desejavelmente?) diferentes da pronúncia do português do Brasil, de Angola, de Timor, etc.

Alguém imaginou que, outrora, os gauleses, os castelhanos ou os romenos pensassem impor um latim unificado a Roma?

O que aconteceu foi o normal.

O latim, nestes povos, deu origem ao francês, ao castelhano, ao romeno.

Não é uma riqueza?

É bom acompanhar os tempos. É impraticável querer controlar a marcha do tempo!

publicado por Theosfera às 10:10

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro