O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quarta-feira, 09 de Janeiro de 2013

A saída da religião não significa, necessariamente, o fim da religião.

Ficou célebre (apesar de muito discutida) a tese de Marcel Gauchet do Cristianismo como «a religião da saída da religião».

Manuel Maria Carrilho entende que a sociedade está «a adoptar um novo deus que se instalou no espaço que imaginámos ser o da nossa liberdade: o mercado».

A liberdade pode ser, assim, uma mera ilusão. «Somos cada vez mais um rebanho devoto a essa nova e única divindade do nosso tempo».

É o mercado que «determina o valor dos bens» e contribui para a desvalorização do Bem.

A nossa liberdade desagua em «novas formas de servidão voluntária».

A lição de Kant foi esquecida. Dizia o filósofo de Konisberg que «as coisas ou têm um preço ou uma dignidade. Se há coisas que não têm preço, é porque têm dignidade».

O problema é que os indivíduos tendem a interiorizar tudo pelo paradigma do mercado. É assim que se fala até do «mercado das ideias».

Para Manuel Maria Carrilho, o endividualismo nasce do cruzamento das «metamorfoses do indivíduo e do hiperconsumo», ou seja, da dívida. E, «contra todas as expectativas, o endividualismo vai resistindo a todos os abanões da crise».

Pudera! Ele está no epicentro da crise!

publicado por Theosfera às 10:31

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro