O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sexta-feira, 14 de Dezembro de 2012

A democratização é sempre um valor. Mas a democratização não pode ser confundida com banalização.

Exemplo.

É bom que a comida chegue a todos. Mas é mau se a comida que chega a todos não tem qualidade. E pior é se nem sequer estamos em condições de perceber que há comida que não tem qualidade.

Vargas Llosa pode parecer excessivo, mas não deixa de ser pertinente.

Hoje em dia, parece que estamos na selva. Parece não ser possível «saber o que é belo e o que é feio. Nos tempos que correm, classificar alguma coisa de belo é quase uma aberração».

Isto sente-se na música, na literatura, na vida cívica em geral. E, mais grave, é que já nem se apura o estado da decadência.

O mais valioso não pode ser medido pelas audiências ou pelos aplausos.

Não pode ser o mercado a mandar. Tem de (voltar a) ser o espírito a decidir!

publicado por Theosfera às 11:47

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9


27
28



Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro