O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2012

Nada tenho contra o entretenimento, contra a diversão ou contra o espectáculo.

Mas preocupa-me sobremaneira que de tudo se faça espectáculo. É assustador que não haja triagem, que se confunda tudo e que se apresente o frívolo no mesmo patamar da profundidade.

O resultado está à vista: os jornais de referência, os livros mais elaborados, no fundo a cultura mais séria estão em risco de desaparecer.

Se a tendência da sociedade é para a diversão, é natural que as publicações mais sérias não resistam.

É claro que a cultura é para todos. Mas, pela lei natural das coisas, a produção cultural será sempre de poucos.

 Aliás, isso acontece com todas as actividades. Até o futebol, que é um desporto de massas, não é jogado por toda a gente.

Enquanto não se fizer uma selecção com base na qualidade, o mais certo é que a mediocridade triunfe e a banalização se espalhe!

publicado por Theosfera às 11:11

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9


27
28



Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro