O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2012

Nada se faz sem regras. O nosso mal é sermos, porventura, desmedidamente desregulados.

Já dizia Hans Kung que, hoje em dia, há um excesso de opinião e um défice de orientação.

Nunca se opinou tanto como hoje. E nunca se terá opinado tão infundadamente como hoje.

Ouve-se muito ruído em forma de opinião e não se vislumbra suficiente fundamento que a sustente.

Nos tempos que correm, a regra parece ser a ausência de regras ou a violação das regras.

Henry Thoreau sustentava que «qualquer idiota pode fazer uma regra e qualquer idiota a seguirá».

Não diria tanto nem diria assim.

Mas perturba-me supinamente que sigamos a regra (não escrita, mas epidermicamente incorporada) do vale-tudo.

Há que dizer: Não.

Não vale tudo. É preciso sensatez, ponderação e serenidade.

Só assim que se vê a globalidade de um problema. Só assim se vê a posição do outro. Só assim cresceremos!

publicado por Theosfera às 10:26

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9


27
28



Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro