O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sábado, 03 de Novembro de 2012
Afinal, o político de uma região autónoma que parecia não ter adversário fora do partido veio a descobrir que tinha um forte adversário...dentro do próprio partido.

Ganhou as eleições, mas ganhou por muito menos. Já nas últimas eleições regionais, voltara a ganhar, mas ganhara também por muito menos.

Confesso que, se o resultado das eleições regionais foi o esperado, este é surpreendente.

Toda a gente pensava que o referido político dominava o partido. Mas não. Desta vez, ficou a menos de cem votos de ser afastado...pelos seus.

É o sintoma de um fim de ciclo. Para já, mantém-se. Percebe-se que se tenha declarado vencedor. Formalmente, nada haverá a apontar. Mas, politicamente, há ilações a tirar.

O espaço está a reduzir-se. O estilo está a esgotar-se. Prenúncio de novos tempos?
publicado por Theosfera às 12:01

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9



26


Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro