O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sábado, 20 de Outubro de 2012

Crise. Palavra quase maldita.

A crise é uma espécie de elástico que chega a todo o lado.

Mas quase todos convergem num ponto. A crise é sobretudo económica. Será?

A crise económica é o sintoma de uma crise bem mais funda.

A crise económica resulta de uma crise política, de uma crise moral, de uma crise civilizacional.

E contribui para que essa crise política, moral e civilizacional alastre ainda mais.

Precisamos de contabilistas, de gestores e de economistas sem dúvida. Mas precisamos muito mais de filósofos, de poetas, de místicos e de profetas.

É importante saber contar. Mas não é menos necessário saber compreender o que passa.

Não é só a fazer contas que vamos sair daqui!

publicado por Theosfera às 11:46

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro