O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quarta-feira, 10 de Outubro de 2012

Duro já é sofrer. Mais duro ainda é pressentir que o sofrimento não tem fim.

Pedro Afonso alerta: «Todos nós suportamos, durante algum tempo, o sofrimento; mas é importante sabermos que este tem um fim».

E, hoje em dia, é perturbador notar que muito do sofrimento humano é induzido organicamente.

Os governantes dão pouco dinheiro e quase nenhum trabalho. Mas o mais assustador é reconhecer que nem sequer dão segurança ou esperança.

Somos um país em que se morre mais do que se nasce. Somos um povo em que aumenta o suicídio. Somos uma terra em que as pessoas se separam.

Difícil já é sofrer. Mais difícil ainda é achar que não valerá a pena sofrer.

Neste Dia Mundial da Saúde Mental, será importante meditar em tudo isto.

Há que unir esforços e congregar vontades.

Somos todos responsáveis por todos. E por tudo!

publicado por Theosfera às 10:02

De Rui Cabral a 10 de Outubro de 2012 às 22:34
Boa Noite, Caro Amigo P.e José António.
"Todos somos responsáveis por todos"... E a Igreja, continuadora da Missão de Cristo, não tem por acaso uma Responsabilidade acrescida, conforme reconheceu o II.º Concílio do Vaticano, nomeadamente na "Gaudium et Spes"?
O que é certo é que, com raras excepções, há um Défice de Esperança. No Discurso e na Praxis. Oxalá o "Ano da Fé" nos auxilie a Tod@s a redescobrirmos "as razões da nossa Esperança" - e a testemunhá-la fraternamente a quem dela precisa para sobreviver!
Um abraço.
Rui Cabral

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro