O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Terça-feira, 02 de Outubro de 2012

Um dos critérios para aferir a maturidade de uma pessoa está na forma como reage aos momentos de adversidade. Porque, de facto, esse é o maior teste.

É claro que a tristeza e o abatimento visitam todas as vidas em (quase) todas as horas.

A reacção perante essas situações é que faz a diferença.

Alexander Pope achava que «suportam melhor a censura os que merecem elogio».

De facto, às vezes a censura resulta da incapacidade que muitos têm em reconhecer. E é por isso que existe uma grande animosidade para com os que praticam bem. Basta olhar para os casos de Jesus, Oscar Romero ou Madre Teresa.

Quem faz o bem não anda à procura de elogios. E, de caminho, não receia as censuras. Estas fazem doer.

Moem. Mas não esmagam!

publicado por Theosfera às 10:33

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro