O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Segunda-feira, 06 de Agosto de 2012

Como podemos estar sossegados num mundo onde há limites para os salários dos pobres e não há limites para os vencimentos dos ricos?

Como podemos estar tranquilos quando o trabalho está mais subjugado às leis do mercado do que às leis de um país?

Como podemos estar impávidos e serenos quando o trabalho é escravizado para muitos e o acesso ao trabalho é impedido a tantos?

E, como se isto não bastasse, ainda nos dizem que assim tem de ser, que não há alternativas.

Às vezes, sou tentado a concordar com Bertolt Brecht quando sustentou que aquele que vai à nossa frente e nos conduz é o nosso inimigo.

Eu não diria tanto. As palavras são fortes. Mas a realidade não será (muito) mais dura?

publicado por Theosfera às 10:29

De eusebio bila a 15 de Maio de 2014 às 13:16
A paz nao e so o silencio das armas, paz e o amor pelos outros assima de tudo a solidariedade.


mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9

16
17
18

19
20
21
22
24
25

26
27
28
29
31


Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro