O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Domingo, 05 de Agosto de 2012
A nossa relação com o tempo é oscilante. Depende de muitos factores: não só cronológicos, mas também psicológicos e até geográficos.

Winston Churchill disse que, num certo sentido, os anos passam mais depressa que os minutos. De facto, quando nos dizem para esperar cinco minutos, parece uma eternidade. Quando nos falam do que aconteceu há vinte anos, parece que foi ontem.

Penim também registou uma variável que a paisagem pela idade nos oferece.

Na juventude, os dias parecem curtos e os anos longos. Na velhice, os dias parecem longos (muito longos!) e os anos parecem curtos, (imensamente curtos!).

Sobretudo no Ocidente, dá a impressão de que só corremos. Por isso é que se diz que, quando Deus criou o homem branco, deu-lhe um relógio. Quando criou o homem negro, deu-lhe tempo!
publicado por Theosfera às 21:34

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9

16
17
18

19
20
21
22
24
25

26
27
28
29
31


Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro