O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quinta-feira, 28 de Junho de 2012

Duas grandes equipas nem sempre fazem grandes jogos.

Umas vezes, jogam o que sabem. Outras vezes, preocupam-se em não deixar que as outras sabem. Umas vezes, explodem. Outras vezes, anulam-se.

Ontem não houve um jogo grande. Houve um jogo entre duas grandes equipas.

Não se notaram diferenças entre Portugal e Espanha ao longo de 120 minutos.

E até nos penáltis, a semelhança foi quase total. Um penálti falhado a abrir para cada lado.

O quase que fez a diferença foi o penálti de Bruno Alves, em que a bola bateu no poste e saiu, e o penálti de Fabregas, em que a bola bateu no poste e entrou.

Alguém controla estes «caprichos»?

publicado por Theosfera às 19:20

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro