O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sábado, 16 de Janeiro de 2010

Não há palavras, Senhor.

Mesmo se as houvesse,

seria melhor guardá-las.

 

Diante de uma tragédia destas,

diante de uma mortandade desta dimensão,

não há palavras para proferir.

 

Há apenas lágrimas para verter,

oração para rezar

e força para prosseguir.

 

Sei que, a esta hora,

há muita gente que pergunta,

que Te pergunta: porquê?

Porquê, Senhor?

 

Há silêncios que persistem

e há palavras que nunca vêm.

 

Mas sabemos, Senhor,

que Tu estás em todos os que morreram no Haiti

e em todos os que vão sobrevivendo no Haiti.

 

Tu, Senhor, estás também soterrado naqueles escombros.

E é do fundo desses escombros que vais ressurgindo com todos os pobres.

 

A terra tremeu no Haiti.

Que o nosso coração estremeça.

Que estremeça de amor, de solidariedade e de esperança.

 

Que, nesta hora de dor,

sejamos capazes de dar as mãos

e de ser irmãos de todos os que sofrem,

de todos os que agonizam,

de todos os que partem.

 

Dói ouvir o gemido das crianças.

Dói ver as feridas em tantos corpos.

Dói olhar o desespero de tantos que se vêem sem nada.

 

Que nós sejamos capazes de partilhar,

que nós sejamos capazes de ser mais humanos.

 

Que nós Te vejamos, Senhor,

em todos os nossos irmãos sofredores.

 

És Tu que sofres no Haiti.

És Tu, Senhor, que hás-de ressurgir

no Haiti e em toda a parte.

 

Hoje, só vemos nuvens.

Amanhã, Senhor, Tu farás brilhar o sol:

o sol da esperança,

o sol da justiça,

da solidariedade

e da paz!

publicado por Theosfera às 23:10

De António a 17 de Janeiro de 2010 às 01:57
Uma forma superiormente bela de ver Deus...


mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9






Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro