O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Terça-feira, 05 de Junho de 2012
Sou crente. Mas não me sinto anti-ateu.

Aliás, penso que nenhum crente pode ser anti-ateu e que nenhum ateu pode ser anti-crente.

São duas posições com resultados simetricamente opostos, mas com percursos umbilicalmente ligados.

Um ateu nem sequer é um descrente. Um ateu também acaba por crer. Crê que Deus não existe.

Para um crente, o ateu não consegue provar que Deus não existe.

Para um ateu, o crente não consegue provar que Deus existe.

O crente testemunha que Deus existe. O ateu garante que Deus não existe.

Cada um, a seu modo, contribui para a actualidade da questão de Deus.

O crente faz sentir a Sua presença. O ateu faz notar a Sua ausência. O ateu entende que falta evidência à presença.

O crente responderá que da ausência de evidência não decorre a evidência da ausência.

O mais curioso é que muitos ateus acham que Deus está ausente em muitos que se dizem crentes. E, se calhar, acabará por estar presente em muitos que O dizem ausente.

Muito tenho aprendido com os irmãos ateus. Nunca deixo de encontrar Deus neles. Nunca deixo de os (re)encontrar em Deus.

O Deus em que acredito está presente em todo o Homem. Mesmo naquele que se diz ausente de Deus.

É bem verdade que Deus, quanto mais Se esconde, mais Se revela!
publicado por Theosfera às 13:40

De António a 5 de Junho de 2012 às 13:52
Há ateus muito truculentos e outros que são pessoas afáveis, exactamente como acontece na diversidade dos crentes. Seja, como for, em relação às pessoas ateias, eu retiro sempre uma enorme vantagem. Sobre a religião e chocantes discrepâncias da Bíblia, designadamente de alguns deploráveis livros do Antigo Testamento,elas dizem alto o que muitos de nós, crentes, soletram baixinho. Sou cristão, acredito na Ressurreição de Cristo mas não que Maria de Nazaré alguma vez tenha estado na Cova da Iria. Sou cristão, acredito que Jesus Cristo produziu milagres, mas que há passagens dos Evangelhos que me suscitam a maior perplexidade, como o episódio do endemoninhado geraseno, sobretudo quando Cristo teria supostamente enviado uma legião de demónios para uma uma enorme quantidade de porcos e determinado que os mesmos iriam despenhar-se por um desfiladeiro. Sou cristão, mas reconheço que Jesus Cristo se enganou relativamente ao momento da Parusia, pois asseverava que a Segunda Vinda de Cristo ocorreria ainda em vida dos seus apóstolos. Tudo isso me causa perplexidade e faz com que não possa acreditar na totalidade da teologia cristã, católica e não católica. Mas a essência da Mensagem de Nazaré, toda ela, é a mais bela forma de Ética que já conheci.

De António a 5 de Junho de 2012 às 16:28
Rectificação:

Mas a essência da Mensagem de Jesus de Nazaré, toda ela, é a mais bela forma de Ética que já conheci.

De ohumanista a 27 de Junho de 2012 às 18:45
Ainda bem que você encherga essas discrepancias, venho tentando argumentar elas com religiosos, e assumo em sua grande parte os religiosos nem sabem que isso se passa na bíblia.
O que me atormenta como ateu é:
Primeiro
=> Você tem um filho, diz que ele é livre para escolher:
> Cria uma lei que o irá condenar por não amá-lo?
> Ordena-o que o ame mais do que ao próprio filho?
=> Você se diz meu amigo, sou o salva vidas.
> Seu filho morre afogado a dois metros de sua mão.
> Assumo que podia tê-lo salvo. Ainda afirmo ser seu amigo.
O que me torna seu amigo senão meus atos de amizade com você, uma lei me torna merecedor de seu amor?
Não importa se seu pai é o criador do universo, os pais e os amigos somente merecem nosso amor e respeito por quê assim o fizeram merecer, eu era religiosos, porém pude ver o quão contraditório são todas as palavras bíblicas.
Hoje afirmo sou ateu, não sobre dúvidas se Deus existe, mas sim pelo mal que ele promove.
A menssagem de Jesus é clara, e não existe nenhuma outra forma de entender:
Portanto, qualquer que me confessar diante dos homens, eu o confessarei diante de meu Pai, que está nos céus.
Mas qualquer que me negar diante dos homens, eu o negarei também diante de meu Pai, que está nos céus.
Não cuideis que vim trazer a paz à terra; não vim trazer paz, mas espada;
Porque eu vim pôr em dissensão o homem contra seu pai, e a filha contra sua mãe, e a nora contra sua sogra;
E assim os inimigos do homem serão os seus familiares.
Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim.
E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim.
Quem achar a sua vida perdê-la-á; e quem perder a sua vida, por amor de mim, achá-la-á
Mateus 10:32-39
Sem argumentação nenhuma!
Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim.

De ohumanista a 27 de Junho de 2012 às 18:19
Bacana, sincero, porém sou obrigado a comentar.
Primeiro: Ateu é aquele que não adere a doutrina Teo-Cristã, Aquele que simplismente não acredita é agnóstico. Sobre a deidade cristã sou agnostico da mesma forma que sou sobre a deidade hindu, porém sou ateu sobre a aceitação de todos os deuses hindus assim como eles são sobre o deus cristão.
Segundo: Ninguém pode afirmar nada, tanto existe quanto não existe, o ato de 'não crêr' não deve ser interpretado como um ato de crença, afirmo para você que você não crê em muitas coisas, isso não serve de justificativa para que possa dizer que você 'acredita que elas não existam', você está fazendo uso de negativas para lançar evidências e sustentar suas afirmações, antes de ser negada, sua afirmação deve ser verificada, pense no Bilbo para o Smigle, "_tenho algo na minha mão", quem deve desprovar antes de provar?
Terceiro: Eu sou ateu, não me sugeitei nunca a afirmar que dEus não existia, porém há falta de evidências, faltam evidências para justificar os argumentos que sustentam por sua parte os mistérios.
Podemos iniciar um debate sobre essas evidências, de forma saudável, sem acusações ou ofenças, afinal você escreveu bem e levantou argumentos honestos.


mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro