O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Segunda-feira, 28 de Maio de 2012

Há tempos em que falar é um imperativo. Há (outros) tempos, talvez os nossos, em que calar é uma necessidade, uma terapia, um bom indicador de sabedoria.

Há situações em que certas palavras só complicam.

A certas pessoas devíamos perguntar: «Porque não falas?». A outras, porém, deveríamos dirigir a famosa interpelação de Juan Carlos a Hugo Chávez: «Porque não te calas?»

Uma onda de silêncio pode ser o melhor antídoto a algumas tempestades de palavras!

publicado por Theosfera às 10:18

De António a 28 de Maio de 2012 às 17:30
Mas há palavras que são jóias preciosas, como estas de Albert Camus:

" Falhos de Deus, construamos ao menos a Igreja"

" Quando jovem, eu pedia às pessoas mais do que elas me podiam dar: uma amizade e uma emoção permanente. E suas emoções, sua amizade, seus gestos nobres tinham para mim um valor de milagre, eram um absoluto efeito da graça"


mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9

19




Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro