O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sábado, 05 de Maio de 2012

É no princípio que tudo começa.

Eis uma redundância que se poderia dispensar. Mas o tempo mostra que pode ser uma verdade elementar que urge recordar.

Quando nos rimos e achamos graça às primeiras «maldades» das crianças, não estamos a ser simpáticos. Estamos a passar uma mensagem perigosa.

A criança (instintivamente) infere que o seu acto é aprovado.

Os educadores acham que ainda há muito tempo pela frente. Mas nenhum tempo substitui qualquer tempo, muito menos o tempo dos começos.

Pode, mais tarde, tentar-se a correcção. Mas é difícil e, em alguns casos, impossível.

Colocar professores e alunos a vigiar e a denunciar estudantes problemáticos mostra, sobretudo, preocupação. Mas não é muito pedagógico.

É preciso ser mais pró-activo que reactivo.

É fundamental sensibilizar e motivar as famílias. A escola começa em casa!

publicado por Theosfera às 11:55

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9

19




Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro