O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sábado, 10 de Março de 2012
Uma causa prevista tem, quase sempre, consequências imprevistas.
 
Cavaco Silva, com o prefácio ao seu último livro, conseguiu unir um partido onde havia sinais de alguma desunião.
 
Já está quase tudo dito e escrito a este respeito.
 
Também penso que a missão de um presidente em exercício é unir o mais possível. Embora uma autoridade em democracia não esteja impedida de opinar, é importante que haja alguma contenção.
 
Só que essa não tem sido, curiosamente, a nossa tradição. O nosso sistema constitucional propicia uma certa fractura entre a presidência e o governo.
 
Basta fazer um pequeno exercício de memória.
 
Não é muito edificante. Mas não é pouco edificante só agora!
publicado por Theosfera às 12:02

De António a 10 de Março de 2012 às 12:33
Não nutro a menor simpatia, quer por José Sócrates, quer por Cavaco Silva e até admito que este tenha objectivamente razão nas críticas que publicamente faz a Sócrates. Mas parece-me evidente que um Presidente da República com sentido de honradez e dignidade não deve fazer qualquer censura pública enquanto exercer essas funções. Depois de cumprido o mandato presidencial tem todo o direito de escrever as suas memórias. Cavaco Silva pensará que os portugueses são estúpidos ? Que não sabem fazer as leituras psicológicas do seu frio e medido comportamento ? Para mim, é um homem desleal. Se entendia que Sócrates teve, para com ele, comportamentos reprováveis, só tinha um caminho institucional, coerente, a seguir: demiti-lo. Era isso que se exigia a um presidente digno, coerente e preocupado com a correcta gestão da causa pública. Assim, deu mais um tiro nos pés e cada vez mostra a sua verdadeira face. Cavaco Silva há muito que anda a fazer uma figura deplorável. Passos Coelho que se cuide, pois habilita-se a também a sair na rifa censória de Cavaco.


mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9


20



Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro