O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Terça-feira, 21 de Fevereiro de 2012
Baudelaire verteu uma grande verdade: «As nações não têm grandes homens senão contra a vontade delas».
 
Só muito tarde, regra geral «post mortem», é que vem o reconhecimento.
 
É bom ter presente que o político mais admirado do século XX no Reino Unido não foi eleito pelo povo para primeiro-ministro.
 
Churchill foi escolhido porque o titular do cargo se demitiu. E nas eleições em que se apresentou foi derrotado!
publicado por Theosfera às 10:25

De Maria da Paz a 21 de Fevereiro de 2012 às 23:26

Rev.mo Senhor Doutor:
Os grandes homens têm sempre a cruz da incompreensão, da qual deriva a ingratidão.
Acredito acredito que para estes seres de excepção a recompensa venha, mas não nesta vida.
Afectuosamente,
Maria da Paz


mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9

14

20
25



Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro