O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sexta-feira, 17 de Fevereiro de 2012
Como as coisas são! Em 1938, Neville Chamberlain, primeiro-ministro inglês, drapejava um documento que tinha assinado com Hitler.
 
Foi vitoriado por isso ao chegar ao aeroporto e no caminho até Downing Street.
 
Dizia Chamberlain que tinha conseguido «a paz para o nosso tempo»! Menos de um ano depois, sabemos o que aconteceu.
 
Há que reter estas lições! Há quem não respeite nada: nem documentos, nem princípios, nem pessoas!
publicado por Theosfera às 10:03

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9

14

20
25



Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro