O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sexta-feira, 10 de Fevereiro de 2012
Não podemos confundir transparência com exibicionismo ou exposição constante.
 
Até Jesus, o Deus para nós, fez questão de ter uma vida privada. O texto que escutámos hoje na Missa de ontem assinalava que Jesus entrou numa casa e não queria que ninguém soubesse.
 
A apetência pela vida privada das pessoas, que enxameia as conversas, não é um bom sinal.
 
Mas também é verdade que a preservação da privacidade deve comçear em casa, pelos próprios, por cada um de nós.
 
Preservar não é esconder. É, simplesmente, respeitar!
publicado por Theosfera às 23:00

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9

14

20
25



Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro