O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Terça-feira, 31 de Janeiro de 2012
Vejam o rumo que as coisas estão a tomar.
 
A proposta para vigiar a execução orçamental de um país tem uma panóplia de consequências que estamos longe de antecipar.
 
No fundo, quem tem dificuldades fica com mais dificuldades.
 
Não pode tomar decisões. Não tem autonomia. Não tem soberania.
 
Não pode participar nas decisões comuns e nem sequer pode decidir a sua própria vida.
 
Pouco falta para que a independência dos povos seja ilegal.
 
Há sinais que são premonições: a extinção do feriado da restauração da independência não é inócua.
 
Celebrar o que não existe para quê?
publicado por Theosfera às 16:31

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9

16
17
18
19

26
28



Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro