O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quinta-feira, 12 de Janeiro de 2012

A Maçonaria tem uma longa história.

 

Ela nasce de associações profissionais na Idade Média. Maçon em francês quer dizer pedreiro.

 

Curiosamente, a sua origem mais remota remete para a construção das catedrais.

 

Daí o facto de a Maçonaria designar Deus como o «Grande Arquitecto do Universo».

 

As suas concepções religiosas assentam não tanto numa revelação sobrenatural, mas no decurso da razão.

 

Daí que a sua concepção do divino remeta mais para o deísmo do que propriamente para Deus.

 

Com a Revolução Francesa e o Iluminismo, a Maçonaria foi adquirindo uma feição mais anticlerical e, mais vastamente, antirreligiosa.

 

Foi esse tipo de Maçonaria que inspirou, por exemplo, a revolução republicana em Portugal. Os seus grandes artífices pertenciam ao Grande Oriente Lusitano.

 

Os maiores políticos da I República e os que eliminaram D. Carlos eram maçons.

 

Afonso Costa, que disse que em duas gerações acabava com a Igreja em Portugal, pertencia à Maçonaria.

 

Mesmo no tempo do Estado Novo, em que a Maçonaria foi perseguida, ela não deixou de se movimentar.

 

Mais recentemente, apareceram outras organizações da Maçonaria.

 

Começou a haver abertura à participação de senhoras. A estrutura é bastante definida. O grau máximo é o 33.

 

Pelo que dizem, a Maçonaria está presente em muitos partidos.

 

Fala-se também de membros da hierarquia católica que terão pertencido, apesar da proibição oficial.

 

Mas, em si mesma, a Maçonaria não é uma organização religiosa.

 

Apesar do seu passado anticlerical, a Maçonaria, hoje em dia, agrega pessoas que, política e ideologicamente, são moderadas.

 

Alguns membros declaram-se mesmo crentes.

publicado por Theosfera às 10:34

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9

16
17
18
19

26
28



Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro