O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Terça-feira, 10 de Janeiro de 2012
A vida, cada vida, é um «mix» de direitos e deveres.
A cada um assiste o direito de dizer e fazer o que entende. A cada um incumbe o dever de assumir o que diz e o que faz.
A perplexidade em torno das sociedades secretas não está no carácter privado do que aí se possa passar.
O problema pode estar na contradição entre a vida privada e a vida pública. E isso não se circunscreve apenas às sociedades (ditas) secretas. Que, no fundo, acabam por não ser tão secretas como se pensa.
Há tanta coisa decidida no secretismo fora das sociedades secretas. Ainda temos muito que progredir na transparência. Na coerência. Na verdade!
publicado por Theosfera às 11:02

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9

16
17
18
19

26
28



Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro