O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Domingo, 15 de Janeiro de 2012

Eu sei, Senhor,

que continuas a vir ao nosso encontro,

ao encontro de cada um de nós.

 

De manhã, à tarde ou à noite,

quando menos esperamos,

é que Tu nos surpreendes,

é que Tu nos visitas.

 

Chamas pelo nosso nome,

como chamaste por Samuel.

Não desistes à primeira.

Tu, Senhor, insistes, insistes

até que percebamos que és Tu que vens ao nosso encontro,

que és Tu que chamas por nós.

 

Tu vens ter connosco, hoje,

de tantas formas.

Vens ter connosco

na Palavra, no Pão,

nas pessoas, nos acontecimentos.

 

Eu sei que, muitas vezes,

não Te limitas a chamar.

Tu, Senhor, tens de gritar.

 

Tantas vezes, andamos distraídos e dissipados

e até nos damos ao desplante de dizer que Tu não falas

ou não ouves.

 

Que, como Samuel, digamos:

«Fala, Senhor, que o Teu servo escuta».

 

Que nós Te escutemos sempre.

Que estejamos sempre a Teus pés a ouvir a Tua voz.

Que Te transportemos sempre.

 

A Tua palavra tem a forma de pessoa,

a forma de presença,

a forma de amor.

 

A Tua palavra é paz.

A Tua palavra é luz.

A Tua palavra é o Teu Filho.

A Tua palavra é JESUS!

publicado por Theosfera às 11:27

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9

16
17
18
19

26
28



Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro