O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sábado, 07 de Janeiro de 2012
É o nosso um tempo de tempestades. Estamos no meio de mais uma tempestade vede verbal.
De qualquer assunto fazemos não uma discussão, mas uma gritaria.
Em causa não estão ideias (nem, muito menos, ideais), mas a vida das pessoas. Ainda por cima, a vida privada.
De vez em quando surgem notícias acerca da pertença de determinadas figuras a sociedades ditas secretas.
Já se deu o caso de descendentes de algumas dessas figuras, entretanto falecidas, virem desmentir a referida pertença.
Não me parece que esta volúpia pela vida privada sirva à transparência.
O debate público deve primar por um meridiano elementar de coerência. Deve cingir-se ao que é público. E já é bastante!
publicado por Theosfera às 16:03

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9

16
17
18
19

26
28



Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro