O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sábado, 31 de Dezembro de 2011
Vou confessar-me.
E, desde já, peço perdão se vou desapontar alguém.
Até reconheço que as pessoas precisam de descomprimir.
O passado foi difícil e o futuro será duro. Mas este clima de euforia que, por horas, está instalado inocula dentro de mim um sentimento de estranheza.
Não me revejo nisto. Soa-me tudo a artificial, a vazio.
Nada como a simplicidade, a serenidade, a paz.
Mas que cada um viva cada momento como se sentir melhor. E que seja feliz. O meu respeito é total. As opções são sagradas!
publicado por Theosfera às 18:25

De Maria da Paz a 31 de Dezembro de 2011 às 19:25
Rev.mo Senhor Doutor:
Tenho exactamente o mesmo sentimento!
Nós é que complicamos a vida! E procuramos, afanosamente, a felicidade onde ela, muitas vezes, não está.

Tudo isto me parece uma colectiva onda de loucura...
Afectuosamente,
Maria da Paz


mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12




Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro