O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Terça-feira, 20 de Dezembro de 2011
Recordar o passado não é só uma cedência à nostalgia. É, acima de tudo, um acto de justiça e um exercício de lucidez.
É que, em muitos momentos do passado, o futuro começou a germinar. Em muitos momentos do presente, o mesmo futuro dá sinais de vacilar.
Faz quarenta anos que foi publicada uma obra que iria marcar a Teologia, a Igreja e até grande parte da humanidade.
Trata-se de «Teologia da Libertação. Perspectivas», de Gustavo Gutiérrez. Um caminho era desbravado.
A Igreja, com base na Bíblia, assumia uma opção preferencial pelos pobres. Não é esta uma prioridade de sempre?
publicado por Theosfera às 11:08

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12




Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro