O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2011
A «pós-democracia», denunciada com veemência por Habermas, tende cada vez mais a assumir a forma de uma «plutocracia».
Sempre foi assim? Há séculos que se procurava que não fosse assim.
Ao longo do século XX, nem a direita mais liberal fugia ao desígnio de tentar pugnar pela justiça e pela repartição dos bens.
O poder respondia perante o povo. Agora, responde sobretudo perante os mercados. As próprias Nações Unidas, representantes dos povos, estão a ser substituídas por grupos de ricos: G7, G8 ou G20.
Os governos são eleitos pelos povos. Mas as decisões, que eles executam, dimanam dos mais ricos!
publicado por Theosfera às 10:30

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12




Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro