O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quarta-feira, 29 de Setembro de 2010

Afinal, a crise persiste e a austeridade insiste.

 

E, desta vez, os salários já não se limitam a ficar congelados. Desta vez, descem mesmo.

 

Como se isso não bastasse, o IVA sobe de novo.

 

Ou seja, com menos salários e maior despesa, como será a vida do cidadão?

 

Se bem não estava, pior vai ficar.

 

Mas não deixemos adormecer a esperança. Uma aurora de luz há-de sobrevir ao breu da escuridão.

 

A crise é dura. Mas não é eterna.

publicado por Theosfera às 23:39

De Evágrio Pôntico a 30 de Setembro de 2010 às 00:51
"Mas não deixemos adormecer a esperança. Uma aurora de luz há-de sobrevir ao breu da escuridão."
Gosto de ler as suas palavras de conforto, Sr. Padre João. Mas, deixe-me dizer-lhe com toda a sinceridade, com esta gente corrupta, ateia, sem princípios e sem moral, a governar o País, há anos, tantos quantos levam a afundá-lo, a esperança e a luz não as descortino...
A não ser que... - e essa é a esperança e a promessa de alcançar a luz... -, a não ser que... num repente, Deus, que tudo providencia, coloque homens sensatos e bons, honestos, sábios de prudência e aviso, nos postos-chave do governo de Portugal. Quem sabe? Uma Nação consagrada a Nossa Senhora, terá d'Ela a protecção nas horas difíceis. Como sempre teve...
É essa a nossa esperança, agora que se avizinham tempos mais duros, mercê da incúria, má governação, incompetência, desmandos e corrupção desenfreada dos que se apoderaram do País...


De António a 30 de Setembro de 2010 às 14:22
As crises dos sistemas económicos do neo-liberalismo vão perdurar. Na minha opinião, é necessária muita mais socialização da riqueza, menos desperdício, mais equidade na distribuição de benefícios sociais, menos reformas escandalosas, mais propriedade cooperativa e pública. Hoje, erige-se o mito da propriedade privada a valor de referência motriz na UE. Mas a fórmula está gasta. Cristo dividiu todos os escassos pães e peixes que tinha por todos quantos necessitavam de se alimentar. Mas, infelizmente, ainda existem muitos cristãos que da Doutrina de Cristo só querem o que não lhes mexa fiscalmente nos bolsos...

De Maria da Paz a 30 de Setembro de 2010 às 16:56
Estamos a sofrer esta crise porque tem havido (todos o sabemos) desperdício, aproveitamento de uns tantos e, em tudo, muito pouco juízo e nenhuma consideração pelo bem de todos.
Precisamos de um HOMEM com inteligência de águia, olhos de lince, honestidade, recta intenção e pulso firme, para nos governar e para elevar Portugal à dignidade e ao esplendor que merece.
Maria da Paz


mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

17
18

19

30


Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
contador
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro