O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Terça-feira, 28 de Setembro de 2010

O problema da comunicação na Igreja pode, muitas vezes, resumir-se a isto: a uma espécie de conflito entre o entendimento e a vontade.

 

Sabe-se o que é preciso dizer, mas parece não se querer dizer. E é isto que faz com que a nossa intervenção seja muito eufemista e híbrida, bastante pontuada por talvezes, poréns, avanços e recuos, enquadramentos.

 

 Há um estranho receio das reacções que podem surgir, como se fosse possível elas não aparecerem ou como se fosse um drama elas dispararem.

 

 Isto faz com que a clareza mingue. É preciso, pois, partir da convicção. É fundamental ser claro, objectivo, directo, convicto.

publicado por Theosfera às 11:29

De António a 28 de Setembro de 2010 às 21:51
Cristo deixou-nos um legado ético precioso, assente em duas premissas fundamentais: Convicção e Coragem. Falava claro, directo, embora com necessidade de falar por parábolas.E nunca quis conciliar o inconciliável...


mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

17
18

19

30


Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
contador
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro